Prezados amigos,

 Este é um post especial, pois escrito com o coração em homenagem a todos que irão dedicar os próximos dias à conquista de um sonho!

Eu, embora já tenha sido aprovado em um concurso, não me esqueço do caminho que trilhei até aqui. Foram anos de muita dedicação, esforço e, sobretudo, de renúncias!

Nesta época do ano, em que muitos se preparam para curtir o CARNAVAL, é natural que você se sinta tomado por sentimentos negativos causados pelas dificuldades enfrentadas por quem caminha pelas sinuosas trilhas da realização.

Mas a vida é feita de escolhas… e cada escolha implica necessariamente  renúncias!

Aliás, é por isso que nossas escolhas nos são tão caras. Ao exigirem renúncias, nos confrontam com a criação de nós mesmos e com os limites das nossas possibilidades: a escolha de um caminho implica a renúncia dos demais!

Não há, porém, o que lamentar. É a própria fugacidade do tempo que impõe a renúncia daquilo que nos afasta dos nossos objetivos.

Portanto, da próxima vez que você se sentir tomado pelo sentimento de perda, respire fundo e lembre-se que são exatamente as renúncias que nos aproximam dos nossos sonhos!!!

 Um feliz carnaval a todos!

Comments (1)

  1. Caro professor, acho que serve de incentivo, anos se passaram dedicados ao MPF, fiquei nos três anos; na prova oral e no ano seguinte na prova do Eugênio Aragão. Agora a prova foi tranquila, mas estava na sentença cível do TRF2 e portanto optei acredito equivocadamente por fazer a prova do Dr. Poul. Estou de licença sem remuneração no cargo federal e agora esperando a nota mísera na prova que foi surreal.

Comments are closed.

error: Conteúdo protegido contra cópias