Prova Direito Tributário – 183º Magistratura TJ-SP (VUNESP – 2011)

77. O juiz Nerivaldo Branquinho, ao examinar mandado de segurança impetrado por Exportadora e Importadora Ltda. contra o Sr. Delegado Regional Tributário de Xiririca da Serra, que objetiva a isenção de ICMS sobre filé de merluza importado da Argentina, sob o fundamento de o Brasil ser signatário de tratado internacional, julga corretamente quando

(A) decide que a mercadoria importada do país signatário do BATE é isenta de ICMS quando contemplado com esse favor o similar nacional.

(B) decide que a merluza importada do país signatário do BRD paga ICM.

(C) decide que à mercadoria importada do país signatário do GATT, ou membro do ALALC, estende-se a isenção do Imposto de Circulação de Mercadorias concedida a similar nacional.

(D) denega a segurança porque a merluza é um produto importado.

(E) denega a segurança porque o direito do impetrante não é albergado pelo GATT.

error: Conteúdo protegido contra cópias